Discursos pentecostais em torno do aborto e da homossexualidade na sociedade brasileira

Contenido principal del artículo

Resumen

Esse artigo analisa as percepções das lideranças pentecostais sobre as transformações na ordem de gênero e as demandas de ampliação dos direitos humanos das mulheres e das minorias sexuais no Brasil. Dividido em cinco seções, apresenta inicialmente uma breve síntese do debate contemporâneo sobre a participação dos grupos religiosos na esfera política e algumas notas metodológicas sobre a pesquisa que deu origem aos dados aqui analisados.  Na segunda seção, examina a visão predominante entre os dirigentes pentecostais brasileiros de que uma das mais importantes instituições humanas, a família, encontra-se seriamente ameaçada por corporações internacionais e movimentos sociais de caráter transnacionais, exigindo um ativismo político dos atores religiosos. Em seguida, discute as posições dos líderes em relação às reinvindicação feminista de revisão da legislação sobre aborto no país. Na quarta seção, analisa as opiniões dos pentecostais sobre algumas demandas dos movimentos pela diversidade sexual que vem gerando grandes controvérsias na sociedade brasileira.  À guisa de conclusão, apresenta o argumento de que a reconfiguração dos sistemas de valores dos grupos pentecostais tem gerado discursos diferenciados neste segmento religioso e favorecido as alianças com atores do campo católico.


Detalles del artículo




María Das Dores Campos Machado
Biografía del autor/a

María Das Dores Campos Machado, Universidad Federal de Río de Janeiro

Campos Machado, M. D. D. (2014). Discursos pentecostais em torno do aborto e da homossexualidade na sociedade brasileira. Revista Cultura Y Religión, 7(2), 48-68. Recuperado a partir de https://revistaculturayreligion.cl/index.php/revistaculturayreligion/article/view/387

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Artículos más leídos del mismo autor/a