Meandros da força política evangélica no Brasil

Contenido principal del artículo

Resumen

Desde a escolha da Assembleia Constituinte em 1986, os evangélicos, sobretudo pentecostais, vêm tendo presença significativa nas eleições e na vida política nacional. Além de parlamentos, já ocuparam relevantes cargos executivos, tais como ministérios, governos estaduais e prefeituras de grandes cidades. Essas conquistas decorrem de iniciativas individuais e arranjos estratégicos de algumas igrejas para otimizar a capacidade de eleger e manter seus representantes. Tal envolvimento vem se dando, muitas vezes, mediante controvérsias e escândalos. É notória a influência exercida pelos evangélicos nas últimas campanhas eleitorais, assim como a pressão de seus representantes parlamentares e líderes sobre o governo federal. Este artigo discute a trajetória e os aspectos da força política evangélica no Brasil.


Detalles del artículo




Andre Souza
Biografía del autor/a

Andre Souza, Universidade Federal de São Carlos

Souza, A. (2014). Meandros da força política evangélica no Brasil. Revista Cultura Y Religión, 7(2), 117-128. Recuperado a partir de https://revistaculturayreligion.cl/index.php/revistaculturayreligion/article/view/392

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.